• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova

Abordagem

12/02/2019 19:10

Assaltante de banco e carro-forte é localizado em operação

O homem que morreu em confronto com as polícias Civil e Militar, no Parque das Bromélias, foi identificado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), nesta terça-feira (12), como Elenilson Gonçalves dos Santos, conhecido pelo apelido de 'Caneludo', 30 anos. O criminoso liderava uma quadrilha responsável por roubos a banco e carro-forte, no interior do estado.

Na manhã de ontem ele foi localizado no Bosque das Bromélias, em Salvador, entrou em confronto e não resistiu. Caneludo, natural da cidade baiana de Catu, possuía quatro mandados de prisão por roubos a banco e carro-forte, além de homicídio e tráfico de drogas.

“Em março do ano passado ele liderou uma investida criminosa contra quatro instituições financeiras (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Banco do Nordeste), na cidade de Alagoinhas”, contou o diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), delegado Marcelo Sansão.

Responsável pela operação que culminou na localização de Caneludo, o diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, delegado José Bezerra, lembrou que além de atuar como assaltante, o acusado também é apontado como autor de homicídios. 

Entre os crimes atribuídos a ele estão quando roubou um carro-forte em dezembro de 2017, na BR-110, entre os municípios de Catu e Alagoinhas. Caneludo era comparsa do assaltante de banco, traficante e homicida Antônio Dias de Jesus, o 'Colorido', que cumpre pena em unidade de segurança máxima.

Fonte: Alberto Maraux

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.