• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor
  • SIGIP

A Superintendência de Telecomunicações

Criada em março de 2004, a Superintendência de Telecomunicações (STELECOM) tem por finalidade promover a integração dos diversos órgãos que compõem o Sistema Estadual de Segurança Pública, no que se refere ao processamento das telecomunicações. A STELECOM é composta pelas diretorias de Operações e Engenharia, bem como pela Coordenação Administrativa. 

A Diretoria de Operações tem por finalidade supervisionar as atividades operacionais dos órgãos integrantes do Sistema Estadual de Segurança Pública em todo o Estado, através dos recursos de telecomunicações disponíveis na Superintendência. É composta pelas Coordenações de Operações das Polícias Militar e Civil, do Departamento de Polícia Técnica e do Corpo de Bombeiros Militar, que tem por finalidade supervisionar todas as atividades operacionais, no âmbito de suas áreas de atuação, dentro do Estado e em especial na Região Metropolitana de Salvador. 

A Diretoria de Engenharia tem por finalidade acompanhar, supervisionar e coordenar os projetos de telecomunicações, sistemas e telefonia operacional integrada e é composta pela Coordenação de Telefonia responsável por elaborar, dimensionar e implantar projetos físicos e lógicos de comunicações via telefonia; pela Coordenação de Radiocomunicação encarregada de elaborar, dimensionar e implantar projetos físicos e lógicos de comunicações via rádio; pela Coordenação de Sistemas que tem por finalidade elaborar, dimensionar e implantar projetos físicos e lógicos de integração de sistemas de comunicações utilizados nos centros de operações e sistemas de comunicações; pela Coordenação de Videomonitoramento e Segurança Eletrônica encarregada de elaborar, dimensionar e implantar projetos físicos e lógicos de circuito fechado de televisão – CFTV e segurança eletrônica; pela Coordenação de Projetos responsável por idealizar, formatar, elaborar e interagir com os projetos de telecomunicação, redes, sistemas e videomonitoramento, em parceria com as coordenações de cada área específica de atuação e pela Coordenação de Atendimento que administra e operacionaliza a execução dos serviços técnicos da Diretoria de Engenharia. 

A Coordenação Administrativa tem por finalidade a gestão das atividades administrativas e de execução orçamentária e financeira da Superintendência, em estreita articulação com a Diretoria Geral da Secretaria de Segurança Pública, coordenando, executando e orientando as atividades relativas à provisão, gerenciamento e apoio logístico da Superintendência, nas áreas de recursos humanos, material, patrimônio e serviços, além do apoio prestado à Diretoria Geral no planejamento, elaboração e execução dos processos licitatórios para a aquisição de materiais permanentes e de consumo da Superintendência. Atualmente sediada no Centro Administrativo da Bahia, no prédio do Centro de Operações e Inteligência da Secretaria de Segurança – COI, a STELECOM agrega ainda o Centro Integrado de Comunicação (CICOM), onde funciona o Centro de Operações das Polícias Militar, Civil, Técnica e do Corpo de Bombeiros, com o atendimento ao cidadão através do 190, 193 e 197, que utiliza a integração entre tecnologias de rádiocomunicação e sistemas de informação, provendo dados de grande importância para as Corporações. Através deste site, a STELECOM procura dar continuidade ao serviço de prover um atendimento eficaz para as chamadas de urgência e emergência, bem como manutenir o sistema de telecomunicações dos órgãos a nós vinculados: Polícia Militar, Polícia Civil, Departamento de Polícia Técnica e Corpo de Bombeiros Militar.

Histórico

Em fevereiro de 2003, atendendo a uma conclamação da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) no sentido de integrar as ações policiais, a Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia reuniu, em um mesmo espaço físico, as centrais de comunicação das Polícias Militar, Civil e Técnica e do Corpo de Bombeiros Militar, unificando o atendimento de emergência através do tri-dígito 190, 193 e 197, com a criação da CENTEL (Central de Telecomunicações). A CENTEL foi extinta com a criação, na estrutura organizacional da Secretaria da Segurança Pública, da Superintendência de Telecomunicações – STELECOM, em fevereiro de 2004. Atualmente conta com um CALL CENTER que possui 56 posições de atendimento, um TELEDESPACHO com 56 posições, bem como um sistema de videomonitoramento com 78 posições distribuídas entre todas as Corporações para o deslocamento das viaturas até o local do chamado, tornando mais ágil e eficaz o atendimento ao cidadão..

Recomendar esta página via e-mail: