• Orientações Covid 19
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário

Aniversário

14/12/2019 14:00

Disque denúncia celebra resultados positivos em seu 14º ano

Desde 2005 auxiliando o trabalho da polícia baiana, o Disque Denúncia, ferramenta da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), comemora os14 anos, neste sábado (14), contribuindo para os resultados positivos nas ações dos órgãos policiais. De janeiro à novembro deste ano, a ferramenta alcançou a marca de 101.067 registros.

 

Contando com o apoio da tecnologia ao implementar o ‘Denuncie Aqui’, maneira de captação de denúncias online totalmente sigilosa, o Disque contabilizou ainda mais denúncias, encaminhadas de imediato aos órgãos responsáveis.

 

“Com a ampliação deste sistema, oficializado no mês de julho, conseguimos ter, somente pela internet, cerca de 1600 denúncias. Isso mostra o quanto as pessoas estão confiando meios de realização de denúncias disponibilizados pela SSP”, contou o coordenador do Disque Denúncia Bahia, Luís Melo.

  

 

Baralho do Crime

  

 

Além das inovações tecnológicas, em seu 14º ano o ‘Baralho do Crime’, ferramenta lúdica que estampa os rostos dos criminosos procurados no estado, passou por diversas alterações e contabilizou 31 novos criminosos inseridos.

 

Dentre as mudanças, dois importantes nomes do jogo foram substituídos: José Francisco Lumes, o ‘Zé de Lessa’, morto no início do mês de dezembro e Jasiane da Silva Teixeira, a ‘Dona Maria’, presa em outubro deste ano. Ambos deram lugar ao traficante Cristiano da Silva Moreira, o ‘Dignow’, ‘Maluco’ ou ‘Azuado’ e ao o homicida Mateus Santos de Jesus, o ‘Mateus Borel’, respectivamente.

 

Desde a sua criação 294 criminosos já passaram pelo baralho, sendo que 242 destes já foram substituídos. As 52 cartas do jogo lúdico podem ser conferidas através do site oficial da ferramenta (disquedenuncia.com).

 

 

Os telefones do Disque Denúncia (71) 3235-0000 (Salvador e Região Metropolitana) e 181 (Interior) estão disponíveis todos os dias da semana, sempre das 7 às 22 horas, para que o cidadão possa repassar as informações. Através do site (disquedenuncia.com) a denúncia é feita em qualquer momento. O sigilo é garantido.


 

Fonte: Ascom | Rafael Rodrigues

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.