• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor
  • SIGIP

Aniversário

11/08/2017 14:10

BCS do Uruguai festeja três anos com mutirão social

Para comemorar os três anos da Base Comunitária de Segurança do Uruguai, a unidade policial, com apoio de empresas parceiras, promoveu, na manhã desta sexta-feira (11), um mutirão social. Com a Praça do Uruguai lotada, a comandante da BCS, tenente PM Carla Elis Mendes, apresentou à comunidade as atividades ali realizadas.


Cursos de muay thai, tai chi chuan, capoeira e violão estão entre os projetos que atendem a crianças, adolescentes e idosos da localidade. “Nesses três anos, muitas mudanças ocorreram na relação entre polícia e comunidade”, disse tenente Carla, observando que, anteriormente à implantação da base, existia uma resistência muito grande com a presença policial no bairro. “Nos primeiros dias da BCS, as pessoas não passavam sequer na porta. Hoje, a gente é muito bem aceita e tem uma ótima relação com os moradores”.


O muay thai foi o primeiro projeto ali instalado e a estudante Letícia Elen Santos Silva, 18 anos, uma das primeiras alunas. “A chegada da base mudou minha vida através do esporte, hoje meu comportamento com a família é muito melhor”, afirmou.


Além da meninada, a BCS também tem espaço para a terceira idade, por meio das aulas de tai chi chuan. Pedro Galdino, 56, morador do Lobato vai para o Uruguai só para participar do projeto. “Já estou fazendo arte marcial há sete meses e quem teve a ideia de criar esta unidade por aqui está de parabéns”, relatou satisfeito.


O mutirão social está oferecendo emissão de carteiras de identidade e de trabalho, certidão de nascimento, teste de paternidade (DNA), assistência jurídica, Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), massoterapia, aferição de glicemia e pressão arterial.


O superintendente de Prevenção à Violência (Sprev) da Secretaria da Segurança Pública, coronel Raimundo Lázaro Monteiro, representou o secretário Maurício Barbosa no evento. “Vim prestigiar e interagir com a comunidade”, enfatizou.


Fonte: Ascom/Natália Verena

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.