• Prêmio de boias práticas 2017
  • São João da Bahia

Folia

17/05/2017 10:40

Micareta de Feira contará com nove portais de abordagem

A micareta de Feira de Santana, o carnaval fora de época mais antigo do país, que em 2017 será realizada entre os dias 16 e 21 de maio, contará com uma grande novidade. Nove portais de abordagens, estrutura utilizada no Carnaval de Salvador e que reduziu os índices de violência da festa, serão utilizados com o objetivo de inibir a entrada de armas e drogas no circuito Maneca Ferreira, na Avenida Presidente Dutra. Com relação ao efetivo, serão oito mil profissionais da segurança pública, entre policias militares, civis, peritos, além de bombeiros, trabalhando para garantir a segurança dos foliões.

Depois do carnaval de Salvador, a micareta de Feira é a maior festa do nosso estado, e tem uma importância muito grande para a economia da cidade e da região, então toda nossa expertise com as grandes festas será aplicada para garantir a paz para os que querem curtir”, afirmou o secretário da segurança pública, Maurício Barbosa. Lembrou que a operação contará com o suporte do Centro Integrado de Comunicação e Controle Móvel (CICCM), caminhão equipado com câmeras de videomonitoramento.

A Polícia Militar contará com o maior efetivo na festa. Serão 6.600 PMs distribuídos entre 1.271 patrulhas ao longo do circuito. A operação terá ainda as unidades especializadas como a Rondas Especiais da Polícia Militar (Rondesp), o Grupamento Aéreo (Graer) e o Esquadrão Águia, além da prontidão do Batalhão de Operações Especiais (Bope), caso haja alguma necessidade.

Além de quatro Postos de Policiamento Integrados (PPIs) em diversos pontos da cidade, no Colégio Estadual de Feira de Santana (na Avenida Juracy Magalhães Júnior) funcionarão a Central de Flagrantes, uma Delegacia Especial de Área (DEA), um posto da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), e um posto do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

Sob a supervisão do Departamento de Polícia do Interior (Depin), em parceria com a 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Feira de Santana), a Polícia Civil disponibilizará 432 profissionais, sendo 53 delegados, 53 escrivães e 205 investigadores, além de 121 servidores administrativos para atuarem na micareta. Serão escalas de plantão extra entre os dias 17 a 21 de maio, das 7 h às 19 h e das 19 h às 7 h.

O Corpo de Bombeiros Militar terá um efetivo de 425 Bombeiros. O 2º Grupamento de Bombeiros contará com uma viatura de combate a incêndio e outra de busca e salvamento, além de oito postos elevados de observação, 12 Grupos de Bombeiros (GBom) e plantão na base para atender a população feirense e cidades vizinhas.

Atuarão na Micareta 37 profissionais entre peritos criminais, médicos legistas e técnicos, além de 16 servidores de áreas administrativas do Departamento de Polícia Técnica (DPT). Durante os dias de festa, a Polícia Técnica vai realizar os exames de lesões corporais em vítimas e custodiados e as constatações de drogas (maconha e cocaína) no Posto Integrado localizado no Centro de Educação Estudos e Pesquisas Saúde do Centro Baiano. O DPT atua ainda nas vistorias de trios elétricos até o dia 19 de maio.



Ronda Maria da Penha



No segundo ano consecutivo, a Ronda Maria da Penha desenvolverá um trabalho de sensibilização da tropa de policiais que atuará nas ruas nos dias da festa e conscientização da população sobre os tipos de violência que ocorrem durante os carnavais fora de época, bem como sobre os direitos das mulheres.

Contaremos com 14 policias da Ronda de Feira de Santana e mais 20 aqui de Salvador, vamos atuar em conjunto com as patrulhas e em caso de ocorrências específicas de violência contra a mulher, prontamente deslocaremos para o local, pois somos uma tropa de referência para esses casos”, disse a comandante do Ronda Maria da Penha na Bahia, major Denice Santiago.



Fonte: Ascom/ Mateus Ribeiro

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.