• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor
  • SIGIP

Abertura

17/03/2017 10:50

Mulheres de Alagoinhas vão ter novo espaço de proteção

Para dar mais conforto às mulheres vítimas de violência de gênero, a Secretaria da Segurança Pública (SSP), por meio da Coordenação de Infraestrutura da Rede Física, está finalizando a obra da sede da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Alagoinhas, município a 108 quilômetros da capital.


Criada para oferecer uma assistência diferenciada e conscientizar os homens, a unidade, com 95% de obras concluídas e um investimento de mais de R$ 2,3 milhões, deve ser entregue em breve.


Atualmente funcionando num imóvel alugado e dispondo de um delegado, dois escrivães e três investigadores, a Deam/Alagoinhas acolheu em 2016 quase 950 vítimas de violência de gênero, enquanto nos dois primeiros meses deste ano 130 mulheres já denunciaram agressões físicas e verbais de maridos, namorados e ex-companheiros.


Há dois meses como titular da Deam, a delegada Rosilene de Almeida Regis se surpreende com a firmeza das mulheres que fizeram as denúncias. “Elas são decididas e, após registrarem o boletim de ocorrência, dificilmente recuam e retornam à delegacia para desistir da queixa”, ressaltou.


Segundo ela, os casos de abuso são recorrentes, muitos voltam a agredir as companheiras, mesmo após a justiça conceder medidas protetivas ou após passarem um tempo na prisão. “Agendamos o depoimento para uma mulher que denunciou o ex-namorado, que, ao saber disso, quebrou a perna da vítima para impedir que ela viesse à delegacia”, exemplificou inconformada. O agressor, que sequer podia mais se aproximar da antiga namorada e já com histórico de violência, foi preso em flagrante.


Para conscientizar os homens e reduzir a recorrência, a Operação 'Ronda Maria da Penha levará para Alagoinhas o premiado projeto 'Ronda Para Homens'. Já em abril, a major PM Denice Santiago, comandante da unidade especializada em proteger as mulheres vítimas de violência, realizará uma sensibilização com policiais e moradores locais. Esta ação preparatória visa a inauguração da 'Ronda' no município.


A nova sede da Deam ficará situada na rua Democrata, no bairro Jardim Petrolar, oferecendo uma estrutura mais humanizada, maior discrição e comodidade. “A unidade vai dar maior confiança às mulheres e fará ainda que os agressores sintam mais de perto o poder do estado”, enfatizou.


A violência contra a mulher é um crime que também pode ser registrado e investigado em outras 13 unidades especializadas ou em qualquer outra unidade de polícia judiciária do estado. Além das unidades de Salvador (Engenho Velho de Brotas e Periperi), também há Deams em Camaçari e Candeias, na Região Metropolitana, além de Feira de Santana, Porto Seguro, Vitória da Conquista, Ilhéus, Barreiras Itabuna, Teixeira de Freitas, Juazeiro e Jequié.


Fonte: Ascom/Marcia Santana

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.