• Prêmio de boias práticas 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor
  • SIGIP

Ação

15/03/2017 17:40

Polícia e Embasa intensificam ações para combater o furto de água

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) iniciou um conjunto de ações para intensificar o combate ao furto de água em Salvador e Região Metropolitana (RMS). A operação realizada nesta quarta-feira (15), no bairro São Rafael, identificou três lava jatos e um prédio comercial com ligações clandestinas. Três pessoas foram conduzidas até a 10ª delegacia de policia civil, responsável pela região. Os hidrômetros e equipamentos utilizados no desvio de água foram periciados pelo departamento de policia técnica (DPT) e recolhidos como provas do delito.

O delegado Fábio Luís Silva, titular da 10ª delegacia de polícia civil, explica que fraude de água é crime previsto em lei. “Está previsto no artigo 155, 4ª parágrafo, como furto qualificado. Portanto, quem for pego em flagrante irá responder criminalmente. Caso o infrator seja maior de idade, ele será conduzido a uma delegacia onde o auto de prisão será lavrado. Os menores de idade serão conduzidos para a Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI)”, afirma.

As forças de segurança envolvidas na ação garantem que tudo ocorra dentro dos tramites legais. O DPT constata o crime e identifica as provas materiais. A Polícia Militar garante a segurança da operação e, nos casos de fraude, apreende os materiais utilizados e conduz os envolvidos para a delegacia de policia civil mais próxima, responsável por dar continuidade aos procedimentos.

De acordo com o superintendente de serviços de água e esgoto da Embasa, Cesar Requião, o uso ilegal compromete o abastecimento de água e prejudica o cidadão. “Quem usa água de forma clandestina não se preocupa com o desperdício, o que prejudica o serviço. Estamos vivendo um período de poucas chuvas e os níveis de nossos mananciais estão baixos, por isso estamos intensificando estas ações. As pessoas podem colaborar denunciando e não dando apoio a qualquer fraude desse tipo”, afirma.

Além de prejudicar a distribuição na cidade, o furto de água obriga a Embasa a realizar mais investimentos para suprir o volume desviado. A empresa está executando um mapeamento para identificar casos de fraude com 50 equipes, já tendo identificando mais 200 estabelecimentos em Salvador fazendo a utilização dos chamados “gatos”. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 0800 555 195, presencialmente nos pontos de atendimento e pelo site (http://www.embasa.ba.gov.br).


Fonte: Secom

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.